Sinais de envelhecimento: como a proteção solar pode te ajudar

Sinais de envelhecimento: como a proteção solar pode te ajudar

Você sabe como reconhecer os sinais de envelhecimento? Vem com a gente entender mais e saber como cuidar.

O envelhecimento da pele é um processo natural que todos enfrentamos, mas isso não significa que devemos aceitar os sinais sem fazer nada a respeito. Com os cuidados certos, é possível minimizar os efeitos do tempo e manter uma aparência jovem e saudável. 

O que causa o envelhecimento da pele? 

O envelhecimento é um processo complexo e multifatorial que envolve tanto processos internos, que chamamos de intrínsecos, quanto externos, conhecidos como extrínsecos. Antes de saber como combater os sinais de envelhecimento, vamos explicar o que envelhece a pele.  

Fatores intrínsecos 

  • Genética 
  • Diminuição da produção de colágeno e elastina 
  • Redução na renovação celular 
  • Diminuição da função das glândulas sebáceas 
  • Perda de gordura subcutânea 

Fatores extrínsecos 

  • Exposição solar (fotoenvelhecimento) 
  • Poluição 
  • Tabagismo 
  • Dieta e estilo de vida 
  • Movimentos faciais repetitivos 

Quais são os sinais de envelhecimento da pele? 

Rugas e linhas finas 

Primeiros sinais que aparecem, geralmente em áreas de maior expressão facial, como ao redor dos olhos e da boca. 

Manchas escuras e descoloração 

Áreas de hiperpigmentação que resultam da exposição solar ao longo dos anos. 

Perda de elasticidade e firmeza: A pele começa a perder sua capacidade de esticar e voltar à forma original, resultando em flacidez. 

Textura áspera e seca 

A pele pode se tornar mais áspera e menos suave ao toque. 

Dilatação de poros 

Os poros podem parecer maiores devido à perda de colágeno e elasticidade. 

Aparecimento de vasos sanguíneos visíveis 

A fina camada de pele envelhecida pode revelar vasos sanguíneos subjacentes, especialmente no rosto. 

Quando começam a surgir os primeiros sinais de envelhecimento da pele? 

Os primeiros sinais de envelhecimento da face podem variar dependendo de fatores genéticos, ambientais e de estilo de vida, mas geralmente começam a aparecer em torno dos 20 anos especialmente em pessoas que se expõem ao sol sem proteção solar, as primeiras linhas finas podem começar a surgir ao redor dos olhos e da boca. A textura da pele também muda, dando sinais no rosto e tornando-se um pouco mais áspera ou seca devido à diminuição da produção de sebo. 

Como acabar com os sinais de envelhecimento do rosto? 

Desaparecer com todos os sinais de envelhecimento não é possível, mas atenuar e prevenir eles sim, através de tratamentos, inclusão de produtos de skincare e mudança de hábitos. Lembrando que é necessário consultar seu dermatologista de confiança para realizar os procedimentos estéticos e/ou iniciar o uso de qualquer novo produto de skincare na rotina. 

Rotina skincare antienvelhecimento 

Limpeza: use um limpador suave adequado para o seu tipo de pele. Limpar a pele duas vezes ao dia remove impurezas e prepara a pele para os produtos subsequentes. 

Esfoliação: esfolie a pele 1-2 vezes por semana para remover células mortas e estimular a renovação celular. Use um esfoliante químico (como AHA ou BHA) para melhores resultados. 

Séruns: os séruns são concentrados em ingredientes ativos. Procure por séruns com: 

Vitamina C: antioxidante poderoso que combate radicais livres e ilumina a pele. 

Retinol: estimula a produção de colágeno e acelera a renovação celular. 

Ácido hialurônico: hidrata profundamente e melhora a elasticidade da pele. 

Peptídeos: ajudam na síntese de colágeno e elastina. 

Hidratantes: escolha um hidratante que se adapte ao seu tipo de pele. Hidratantes com ingredientes como ceramidas, glicerina e ácido hialurônico ajudam a manter a barreira da pele intacta. 

Protetor solar: o uso diário de protetor solar com FPS 30 ou superior é essencial para proteger a pele dos danos dos raios UV, a principal causa do envelhecimento prematuro. 

Cremes para os olhos: use cremes específicos para a área dos olhos que contenham ingredientes como cafeína (para reduzir inchaço) e retinol (para combater rugas). 

Tratamentos estéticos 

Peelings químicos: os peelings químicos removem a camada superior da pele, promovendo a regeneração celular e melhorando a textura e a aparência das rugas. 

Preenchimentos: injeções de ácido hialurônico ou outros preenchedores ajudam a restaurar o volume perdido e a suavizar rugas profundas. 

Toxina Botulínica (Botox): o Botox relaxa os músculos faciais, reduzindo a aparência de rugas dinâmicas, como linhas de expressão na testa e ao redor dos olhos. 

Radiofrequência e ultrassom: esses tratamentos utilizam energia para aquecer as camadas profundas da pele, estimulando a produção de colágeno e firmando a pele. 

Mudança de hábitos 

Mudar os hábitos também é necessário para retardar o envelhecimento da pele, adotar medidas como manter uma dieta rica em antioxidantes, vitaminas e minerais, frutas, vegetais, nozes e peixes gordurosos é uma ótima forma de manter a saúde da pele em dia. 

Beba bastante água ao longo do dia para manter a pele hidratada de dentro para fora e dormir de 7 a 9 horas por noite, permite que a pele se regenere e repare os danos acumulados durante o dia. 

Evitar o tabagismo e reduzir o consumo de álcool também são hábitos importantes para evitar o envelhecimento cutâneo precoce. 

O protetor solar previne o envelhecimento? 

Sim. O protetor solar é um dos elementos mais essenciais na prevenção do envelhecimento da pele, só ele evita os danos dos raios UVA, que penetram profundamente na pele e são responsáveis pelo fotoenvelhecimento, e UVB, que afetam a camada superficial da pele, causando queimaduras solares, ele também: 

Previne danos ao DNA 

A exposição aos raios UV pode causar danos ao DNA das células da pele, levando a mutações que não só aceleram o envelhecimento, mas também aumentam o risco de câncer de pele. O uso de protetor solar reduz esses danos, ajudando a manter a integridade das células cutâneas. 

Reduz a formação de radicais livres 

A radiação UV promove a formação de radicais livres, moléculas instáveis que danificam as células da pele e aceleram o envelhecimento. Muitos protetores solares contêm antioxidantes que neutralizam os radicais livres, oferecendo uma camada adicional de proteção. 

Previne manchas e hiperpigmentação 

A exposição ao sol pode levar ao aparecimento de manchas escuras e hiperpigmentação, sinais comuns de envelhecimento. O uso regular de protetor solar ajuda a prevenir essas manchas, mantendo a pele com uma tonalidade mais uniforme e jovem. 

Mantém a função da barreira da pele 

A exposição contínua ao sol pode comprometer a função de barreira da pele, resultando em perda de hidratação e sensibilidade aumentada. O protetor solar mantém a barreira da pele intacta, prevenindo a desidratação e mantendo a pele suave e flexível. 

A Ollie possui o Protetor Solar Mineral Fluido que tem FPS 50, FPUVA 16, filtros 100% minerais, previne e reduz danos solares que causam os sinais de envelhecimento precoce, tem também niacinamida e esqualano e ação antioxidante. Conheça clicando aqui.  

Já o Protetor Solar Transparente conta com FPS 40, FPUVA 14, preserva o colágeno da pele, controla a oleosidade por até 8 horas, auxilia na proteção contra a luz visível e é transparente em todos os tons de pele. Saiba mais clicando aqui. 

 

Imagem principal retirada do site Freepik – drobotdean.