Skincare para gestantes: tudo que você precisa saber para cuidar da pele durante a gravidez

Skincare para gestantes: tudo que você precisa saber para cuidar da pele durante a gravidez

Com a gravidez, alguns hábitos de cuidado com o corpo passam por mudanças e o skincare para grávidas é um deles. Vem saber tudo sobre esse assunto.

A gestação é um período de mudanças significativas no corpo, e isso inclui a pele. O skincare, ou cuidado com a pele, torna-se ainda mais crucial durante a gravidez, não apenas para manter a beleza, mas também para garantir a saúde da pele de quem passa pela gestação e também do bebê. 

O que pode mudar na pele durante a gestação? 

Durante a gestação, o corpo passa por diversas alterações hormonais e fisiológicas que impactam a pele de várias maneiras e isso pode determinar como deve ser o cuidado com a pele da pessoa gestante, olha só: 

Melasma ou cloasma gravídico 

É comum o desenvolvimento de manchas escuras na pele, especialmente no rosto, conhecidas como melasma ou cloasma gravídico durante a gravidez, chegando a atingir em até 90% das gestantes. Essas manchas são causadas pelo aumento dos níveis hormonais, principalmente do estrogênio, e são mais comuns em áreas expostas ao sol. 

Temos um artigo completo sobre Melasma na gravidez, leia clicando aqui. 

Estrias 

O estiramento da pele devido ao aumento do volume do útero e do ganho de peso pode levar ao surgimento de estrias, especialmente nas áreas como abdômen, seios, quadris e coxas. 

Mudanças na textura da pele 

É possível notar mudanças na textura da pele, tornando-a mais seca, oleosa ou até mesmo mais sensível durante a gestação. 

Acne e oleosidade 

O equilíbrio hormonal pode levar a um aumento na produção de óleo pela pele, tornando a gestação uma época propícia para o desenvolvimento da acne. 

Por que o skincare é importante na gravidez? 

Como falamos, durante a gravidez, o corpo passa por alterações hormonais substanciais que podem impactar a pele de diversas maneiras. A pele pode tornar-se mais sensível, exigindo cuidados especiais. Investir em skincare adequado para gestante ajuda a manter a saúde da pele, prevenindo problemas como estrias e manchas. 

Cuidados ao escolher produtos para skincare para gestante 

Ao escolher produtos de skincare para grávidas é crucial optar por fórmulas seguras para o desenvolvimento fetal. 

Quais os produtos de beleza que grávida não pode usar? 

Produtos com retinoides (como o Retinol) 

Retinoides são derivados da vitamina A e são frequentemente encontrados em produtos antienvelhecimento e tratamentos para acne. O excesso de vitamina A pode causar malformações fetais, portanto, produtos com retinoides devem ser evitados durante a gravidez. 

Produtos com ácido salicílico 

O ácido salicílico, comumente usado em produtos para acne e esfoliação, pode ser absorvido pela corrente sanguínea em quantidades que podem representar riscos para o feto. Embora a exposição seja geralmente baixa, é aconselhável optar por produtos que não contenham esse ácido. 

Ácidos fortes (como ácido glicólico) 

Alguns ácidos usados em peelings químicos, como o ácido glicólico, podem penetrar profundamente na pele e têm potencial para causar danos. Produtos com concentrações elevadas desses ácidos devem ser evitados. 

Produtos com hidroquinona 

A hidroquinona é um agente clareador da pele utilizado para tratar hiperpigmentação. No entanto, seu uso durante a gravidez é controverso, pois pode ser absorvida pela pele e atingir o feto. 

Fragrâncias fortes e óleos essenciais não seguros 

Algumas fragrâncias fortes e óleos essenciais podem causar irritação na pele e, em alguns casos, podem ter efeitos desconhecidos sobre o desenvolvimento fetal. Optar por produtos sem fragrâncias fortes é uma escolha mais segura. 

Protetores solares com químicos agressivos 

Certos protetores solares contêm ingredientes químicos que, quando absorvidos pela pele, podem representar riscos. Optar por protetores solares que contêm óxido de zinco ou dióxido de titânio, é geralmente mais seguro, já que não são absorvidos pela pele. 

Como montar uma rotina de skincare para gestante? 

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) no seu guia “O que está liberado e proibido na gravidez?” optar por uma rotina simples, mas eficiente é a chave para uma pele bem cuidada durante a gestação. Separamos o passo a passo do skincare em três partes: 

1º Limpeza 

Opte por um limpador facial suave, sem fragrâncias fortes e com ingredientes não irritantes. Ingredientes como ácido hialurônico e camomila são seguros e ajudam na hidratação, além de acalmarem a pele. 

O melhor sabonete de rosto para gestante é aquele que não contém nenhum ingrediente que possa causar mal à saúde. Precisa ser suave, mas que limpe bem, retirando sujeiras e resto de produtos da pele sem deixá-la sensível. 

2º Hidratação 

Escolha um hidratante que contenha ingredientes seguros para gestantes, como: 

Ácido Hialurônico: ajuda a manter a pele hidratada, sendo um ingrediente seguro e eficaz. 

Glicerina: um excelente umectante que ajuda a reter a umidade na pele. 

Manteiga de karité: rica em ácidos graxos, proporciona hidratação intensa. 

Óleos naturais (como óleo de coco ou óleo de jojoba): nutrem a pele de forma suave. 

É importante buscar por um hidratante adequado ao seu tipo de pele. Por exemplo, o hidratante para grávida com pele oleosa deve ter uma textura mais leve, ser absorvido rapidamente pela pele e, de preferência, ser não comedogênico para não entupir os poros e causar espinhas. 

Leia também Produtos não comedogênicos: o que são e como incluir em sua rotina 

Já o hidratante para grávida com pele seca pode ter uma textura mais densa, proporcionando uma hidratação mais potente. As manteigas naturais, como a manteiga de karité, manteiga de cacau ou manteiga de cupuaçu, são ótimas opções para peles secas. Elas são ricas em ácidos graxos essenciais que ajudam a nutrir e suavizar a pele. 

3º Proteção solar 

O passo mais importante do skincare para gestantes, a proteção solar é primordial em qualquer etapa da vida, estando em gestação ou não. 

Escolha um protetor solar que proteja dos raios UVA e UVB, que provocam danos como queimaduras solares, envelhecimento precoce e câncer de pele. 

Para evitar o melasma na gravidez, utilize protetor solar com cor. Para quem tem melasma, a Sociedade Brasileira de Dermatologia *(SBD) indica FPS entre 50 e 60 a fim de evitar a estimulação da produção de melanina pelas queimaduras solares.  

O pigmento presente no protetor possui óxido de ferro que absorve a radiação visível, minimizando o efeito da luz. Em outras palavras, o pigmento cria uma camada extra de proteção, além de uniformizar o tom da pele, sendo um ótimo protetor solar para o rosto com melasma. 

Não esqueça de reaplicar o protetor solar de duas em duas horas para manter a proteção sempre intacta. Com o passar das horas é comum que a radiação UV reduza a eficácia do filtro solar, assim como o atrito e toque na pele que pode remover o produto. 

Por que deve consultar um médico antes de incluir produtos na rotina durante a gestação? 

Cada gravidez é única, e as necessidades da pele podem variar entre gestantes. Só um médico pode avaliar a condição específica da pele de uma gestante, considerando fatores como sensibilidade, histórico de alergias e possíveis condições dermatológicas, por isso, antes de incluir qualquer produto na rotina, sempre busque por orientações de especialistas, combinado? 

A Ollie possui uma linha de produtos com alto fator de proteção solar, com ativos de skincare que cuidam da pele, além de ter formatos práticos, texturas sequinhas e serem seguros para gestantes. Conheça clicando aqui. 

 

Imagens retiradas do site Freepik.